segunda-feira, 28 de novembro de 2011

DIAGNÓSTICO DO TERRITÓRIO DE ABRANGÊNCIA

Os estudos de vulnerabilidade social têm grande importância em diversos campos do planejamento, principalmente no ordenamento territorial, servindo de base a projetos de intervenção e recuperação de quadros sócio ambientais desfavoráveis.
No município de Pontal do Araguaia, a população em situação de maior privação e vulnerabilidade social encontra-se fortemente concentrada nas áreas periféricas da cidade. Apesar da concentração da população socialmente vulnerável nos bairros mais longínquos, existe nas áreas centrais de alguns bairros da cidade concentração de população que requer ações de proteção especial.
Os bairros mais vulneráveis do município são: os bairros Maria Joaquina I, II e III, Maria Luzia e os Assentamentos Brilhante e Sol e a Agrovila Arara.
Essas famílias são atendidas no Centro de Referencia da Assistência Social – CRAS da cidade, que se localiza na Avenida Universitária nº143 Setor João Rocha, e conta uma sala de convivência família, atendimento psicossocial, sala de acolhimento e encaminhamento e sala de atendimento individualizado.
Para a realização do atendimento sócio assistencial, o CRAS possui uma equipe de trabalhadores da política de assistência social responsáveis pela implementação das Políticas Públicas de Assistência Social no território de abrangência, deste modo segue abaixo a equipe técnica do CRAS de Pontal do Araguaia:
Nome
Função
Maria Aparecida de Sousa Costa
Secretária de Ação Social
Kelly Cristina Pereira
Assistente Social
Kaíse Vitorino Bertucci Hassem
Psicóloga
Wania Maria Rodrigues Silva
Orientadora Social Projovem Adolescente
Tamires Araújo Lima
Agente Administrativo Secretaria

A área de abrangência deste CRAS compreende todo o município de Pontal do Araguaia, que visa contribuir para a prevenção e o enfrentamento de situações de vulnerabilidade e risco social, fortalecendo os vínculos familiares e comunitários e assim promover a autonomia das famílias e da comunidade.
As famílias são acompanhadas pela Rede de Proteção Social Básica, como o Posto de Saúde da Família, o Centro de Saúde, o Centro de Fisioterapia e o CRAS.
Para o atendimento aos beneficiários do BPC existe uma estrutura que é composta pelo CRAS e a Agência do INSS em Barra do Garças, sendo que a Assistente Social do município realiza os acompanhamentos e presta a assistência necessária aos beneficiários.
Os benefícios eventuais são disponibilizados pela Secretaria de Ação Social do município, eles podem ser: cestas básicas para a realização de atendimentos emergenciais, auxilio funeral doado a população de baixa renda, auxilio natalidade para as gestantes em situação de risco e vulnerabilidade social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário